Palestrantes Nacionais e Internacionais

Charles P. Friedman, PhD

É Vice-Coordenador Nacional de Tecnologia da Informação em Saúde (ONC) no Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA. Diretor de Operações da ONC, onde trabalha para construir a colaboração entre os setores público e privado e para manter a coesão dos programas sob a responsabilidade da ONC. Dr. Friedman lidera as atividades da ONC relativas a planejamento e comunicação, assim como as iniciativas do Departamento na área de suporte à decisão. Ele também é chamado para apoiar outras atividades do Departamento. Clique aqui para mais informações.

Silvio Lemos Meira, PhD

Formado em Engenharia Eletrônica pelo ITA, Mestre em Informática pela UFPE, e PhD em Computação pela University of Kent and Canterbury, Reino Unido. Professor titular do Centro de Informática da UFPE; Cientista-chefe do CESAR. É presidente do Conselho de administração do Porto Digital e membro do Comitê Assessor de Tecnologias da Informação do MCT. É colunista da Terramagazine. Autor de mais de 200 artigos científicos e de centenas de textos sobre Tecnologias da Informação.

James Scott Logan, MD, PhD

Médico especialista em Medicina Aeroespacial com vasta experiência sobre as condições humanas em operações espaciais. É membro do conselho fundador da Space Medicine Associates, Inc. e também do Grupo Gestor de Apoio para Testes Humanos, Departamento de Serviços Clínicos da NASA Johnson Space Center, em Houston, Texas. Foi pioneiro na exploração de aplicações de Telemedicina síncronas e assíncronas.Desenvolve programas sobre a gestão, coordenação e facilitação de todos os aspectos da assistência médica; e as capacidades de supervisão, processos e procedimentos para o teste em humanos para apoio ao astronauta. Clique aqui para mais informações.

Belinda Seto, PhD

Belinda is the Deputy Director of the National Institute of Biomedical Imaging and Bioengineering (NIBIB). She is responsible for the governance and oversight of the day-to-day operation of the institute, managing all facets, including strategic planning for research and training programs, budget planning, financial management, communications, and staffing.
Prior to joining the NIBIB, Dr. Seto was the Acting Deputy Director for Extramural Research, NIH. She led the Office of Extramural Research which was the focal point for NIH policies and guidelines for research grants administration. Her responsibilities are wide-ranging, including management of the grants database and information infrastructure. Dr. Seto has a wealth of experience in the health policy arena, particularly AIDS policies. She also directed minority health programs in the areas of infant mortality and behavioral interventions research.
Dr. Seto earned her Ph.D. in biochemistry at Purdue University in 1974. Following postdoctoral training at the National Heart, Lung and Blood Institute, she joined the Food and Drug Administration where she conducted research in virology for nearly 10 years. She received numerous awards for her research, including the Distinguished Alumni Award for Science from Purdue University, DHHS Secretary's Award for Exceptional Achievement, Inventor's Awards, NIH Director's awards and she is listed in the American Men and Women of Science.
She held position in other components of the NIH as well as the Office of the Assistant Secretary for Health. Dr. Seto has served on numerous Federal and professional organizations committees. She is a member of several professional societies.

S. Yunkap Kwankam, PhD

S. Yunkap Kwankam is CEO of Global eHealth Consultants, a Swiss consulting firm based in Geneva. He is also Executive Director of the International Society for Telemedicine and eHealth (ISfTeH). From 2004 until his retirement in August 2008, he was eHealth Coordinator at the World Health Organization Headquarters in Geneva, responsible for overall coordination of eHealth work across the Organization. His work covered development of appropriate frameworks and tools to support policy and practice improvements in ICT-based knowledge management and sharing in countries; creation of, and support to, networks to assist countries in building national capacity for effective and efficient use of ICT in their health systems; and development of the evidence base and best practices in the area. He holds the B.S., M.S. and Ph.D. in electrical engineering. Before joining WHO in 2001, he was Professor and Director, Center for Health Technology, University of Yaounde I in Cameroon. He has also been Chairman, Technology Commission of the National Epidemiology Board of Cameroon; member, Board of Directors, SatelLife; IT consultant to the US National Library of Medicine, and consultant to the United Nations Industrial Development Organization (UNIDO) on information systems.

Kristin Tolle, PhD

Diretora do Programa de Gestão na Microsoft External Research. Desde que ingressou na Microsoft, validou várias patentes e trabalhou com várias equipes de produto, incluindo o Grupo de Linguagem Natural, Visual Studio e Excel. Foi pesquisadora da Biblioteca Nacional de Medicina e pesquisadora associada da Universidade do Arizona no Laboratório de Inteligência Artificial, grupo de gestão na recuperação da informação médica e de processamento de linguagem natural. Doutora em Gestão de Sistemas de Informação com ênfase em Lingüística Computacional. Possui bacharelado e mestrado em Sistemas de Informação. Suas atividades externas de financiamento da pesquisa incluem desafios computacionais associados com estudos genoma-largo da associação (GWAS) e dispositivos, sensores e tecnologias de mobilidade para a capacitação de saúde pública mundial. Clique aqui para mais informações.

Regina Ungerer, M, MSc

Regina Ungerer é médica pediatra e neonatologista com mestrado em saúde da criança (Instituto Fernandes Figueira/FIOCRUZ) e especialização em Saúde Global (Graduate Insititute of Internacional and Development Studies em Genebra). Há mais de 20 anos trabalha na área da saúde pública com ênfase na promoção da saúde. Em 2005 começou a trabalhar na sede da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Genebra, coordenando o programa ePORTUGUÊSe. Trata-se de uma plataforma cujo objetivo é fortalecer a colaboração ente os países de língua portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) nas áreas da informação e capacitação em saúde.

Fernando Martin Sanchez, PhD

Licenciado em Bioquímica e Biologia Molecular pela Universidade Autônoma de Madrid. É Mestre em Engenharia do Conhecimento e Doutor em Ciência da Computação pela Universidade Politécnica de Madrid, Espanha. Atualmente, é Diretor do Departamento Médico NanoBioInformatics do Instituto Nacional de Saúde "Carlos III" e Professor Associado de Bioinformática da Faculdade de Ciências Biomédicas da Universidade "Francisco de Vitória", ambas de Madrid. É membro da Associação Americana de Informática Médica (AMIA). É Vice-presidente (2006-2013) e representante da Espanha na Associação Internacional de Informática Médica (IMIA), e também representante da Espanha na Federação Européia de Informática Médica (EFMI). Clique aqui para mais informações.

Jennifer Zelmer, PhD

Foi CEO da International Health Terminology Standards Development Organization (IHTSDO), hoje responsável pelo SNOMED Foi vice-presidente de pesquisa e análise no Instituto Canadense de Informação em Saúde (CIHI), onde iniciou e supervisionou um programa integrado de atividades de análise, incluindo as principais equipes responsáveis pela elaboração do relatório anual sobre cuidados de saúde no Canadá. Antes de ingressar na CIHI, trabalhou em diversas organizações em saúde, acadêmicas e governamentais no Canadá, Austrália, Dinamarca e Índia. Foi Professora Adjunta da Universidade de Toronto. Atualmente é membro de vários conselhos e comitês relacionados à saúde. É bacharel em Ciência da Informação da Saúde e doutora em Economia. Clique aqui para mais informações.

Fernán González Bernaldo de Quirós, MD

Vice-diretor do planejamento estratégico do Hospital Italiano de Buenos Aires (HIBA), da Argentina. Desenvolve trabalhos acadêmicos na Divisão de Medicina Interna, é chefe do Departamento de Fisiologia Humana da Faculdade de Medicina de HIBA e Chefe da Área de Pesquisa da Divisão de Medicina Interna desde julho de 2006. Clique aqui para mais informações.

Patricia A. Abbott, PhD

É Vice-Diretora do Centro de Colaboração do Gerenciamento da Informação e Conhecimento (KIMS) da OPAS/OMS. Professora Adjunto da Escola de Enfermagem da Universidade de Maryland; Mestre em Informática em Enfermagem pela mesma Universidade; Mestre e Doutora em Sistemas da Informação pela Universidade de Maryland; Pós-Doutorado pela Divisão de Informática em Ciências da Saúde (SOM). Tem como áreas de interesse o Design centrado no Usuário, Usabilidade e Fatores Humanos; Ensino a Distância e Gestão do Conhecimento. Clique aqui para mais informações.

M. Sriram Iyengar, PhD

Professor adjunto da disciplina Ciência da Informação em Saúde da Universidade do Texas. Bacharel em Engenharia Elétrica pelo Indian Institute of Technology, Madras. É Mestre em Engenharia Elétrica pelo Indian Institute of Science, Bangalore, Mestre em Estatística e Doutor em Ciência da Computação pela Ohio State University. Atualmente está desenvolvendo pesquisa com a Microsoft Research: "Telefone celular como plataforma para a Saúde". Áreas de interesse na pesquisa envolvem: Informática Clínica, Sistemas Simbólicos, e Ciência da Computação e Biologia. Clique aqui para mais informações.

Stefan Schulz, MD, PhD

Pesquisador e Professor Associado do Instituto de Informática e Biometria Médica da Universitdade de Freiburg, na Alemanha. É Médico formado pela Universidade de Heidelberg com Residência em Medicina Interna e Cirurgia. Obteve a Certificação Médica pelo Estado de Baden-Wurttemberg, e em Informática Médica pelo Instituto MEDIS. É membro de várias instituições, entre elas, a SBIS. Colabora com a PUC do Paraná onde leciona no curso de Mestrado em Informática em Saúde. Clique aqui para mais informações.

Ana Estela Haddad, PhD

Diretora de Gestão da Educação na Saúde, Ministério da Saúde - Brasil. Graduada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (1988), Mestre (1997) e Doutora em Ciências Odontológicas pela Universidade de São Paulo (2001). Professora Doutora do Departamento de Ortodontia e Odontopediatria da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP). Foi Assessora do Ministro da Educação (2003-2005), quando participou da criação e implementação do Programa Universidade para Todos (PROUNI). Nesse período, atuou também nos trabalhos relacionados à Lei nº 10861/2004, que criou o Sistema Nacional de Avaliação da Educaçao Superior (SINAES) e a Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES). Atualmente, ocupa no Ministério da Saúde o cargo de Diretora de Gestão da Educação na Saúde, Departamento responsável, entre outros, pelo Pró-Saúde, Telessaúde Brasil, pela criação e coordenação da Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (CNRMS) e pela Política Nacional de Educação Permanen te na Saúde.

Antonio Carlos Endrigo

Gerente-Geral de Integração Setorial da Diretoria de Desenvolvimento Setorial da ANS. Graduado em Medicina com especialização em cirurgia. Atuou como consultor em diversa áreas de seguradora coordenando equipe médica qualificada. Foi sócio diretor da Dativa e atualmente é Diretor de Marketing e Produtos da Orizon. Com nove anos de atuação em empresas de grande porte na área de administração médica voltado para rede referenciada, técnica médica, call center, contas médicas (sinistro) e saúde ocupacional, possui experiência com credenciamento de provedores em todo território nacional.

Carlos Vital Tavares Corrêa Lima, MD

Médico Clínico Geral. Bacharel em direito. 1º Vice-Presidente do Conselho Federal de Medicina do Estado de Pernambuco, membro da Sociedade Brasileira de Direito Médico – Seccional Pernambuco, membro da Sociedade Brasileira de Bioética – Regional Pernambuco, além de especialista em Medicina Ocupacional.

Sylvain Levy, MD

Médico formado pela Universidade de Brasília, em 1973. Grade Scientifique de Médècin-Hygiéniste, par l'Écòle de Santé Publique de l'Université Catholique de Louvain - (Bélgique) -1975. Especialista em Informática Médica e Sistemas de Informação em Saúde. Médico-Sanitarista do Ministério da Saúde, aposentado, exerceu entre outras funções, as de Coordenador do Núcleo de Informática, Secretário de Planejamento, Secretário Geral do Conselho Nacional de Saúde e Diretor do Programa Educação em Saúde. É Coordenador do Núcleo de Operacionalização e Articulação de Sistemas de Informação e Comunicação em Saúde do MERCOSUL e Consultor do Núcleo Técnico do Cartão SUS. Participou da fundação da SBIS.

Eugênio Simão, PhD

Possui graduação em Engenharia da Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1995) , ênfase em controle de processos. Mestrado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002), com defesa de dissertação em Serviços Diferenciados em Redes de Computadores. Doutorado em Engenharia Quimica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006), defesa de tese em Biologia Molecular Computacional, Métodos Formais para Modelagem Redes de Regulação Genômicas. Doutorado Sanduiche no laboratorio IBDM/CNRs de Marselha, França, em Bioinformatica. Atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina, Campus de Araranguá, com atuação no curso de Tecnologias da Informação e Comunicação.


Gerson Zafalon Martins, MD

Formado pela UFPR em 1971, especializou-se em Pneumologia. Foi diretor de hospital em Campo Largo, município da Grande Curitiba onde também integrou o Conselho Municipal de Saúde e Associação Médica local. Teve atividades de docência na Faculdade de Medicina Evangélica do Paraná e também exerceu a função de tesoureiro do Sindicato dos Médicos do Estado. Compõe desde 1988 o quadro de conselheiros do CRM-PR, ocupando várias funções, a última delas a de vice-presidente. Durante cinco anos esteve na suplência do Conselho Federal de Medicina, ascendendo a titular em 1999, quando foi eleito por mais de 85% dos médicos paranaenses. No CFM ocupou ou ocupa várias funções e comissões técnicas. Uma de suas atribuições atuais é a de editor da Revista Bioética.

Guido Lemos de Souza Filho, PhD

É bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal da Paraíba (1988), Mestre (1991) e Doutor (1997) em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro . Atualmente, é professor associado da Universidade Federal da Paraíba, onde coordena o LAVID (Laboratõrio de Aplicações de Vídeo Digital) e o projeto de Reestruturação e Expansão da UFPB (REUNI). Atuou no desenvolvimento do middleware Ginga, adotado como padrão no Sistema Brasileiro de Televisão Digital. É membro do Conselho Deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de Televisao Digital, onde representa o setor universitário. Também é membro do Conselho Nacional de Políticas Culturais, indicado pelo Ministro da Cultura. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Sistemas Multimídia, atuando principalmente nos seguintes temas: realidade virtual, aplicações multimídia distribuídas, vídeo sob demanda, multimídia e hipermídia.

Luis Gustavo Loyolla dos Santos

Diretor de TI do Datasus – banco de dados do Sistema Único de Saúde. Formado em Processamento de Dados pela Universidade de Brasília e em Ciências Econômicas pelo Ceub. Possui cursos de especialização em Redes e Microinformática. Trabalhou no Serpro como Superintendente Corporativo de Tecnologia da Informação, sendo responsável pelo Direcionamento Tecnológico, formulação e monitoramento da política de TI. Atuou nas áreas de desenvolvimento e suporte técnico e na área de tecnologia. Foi responsável pela Superintendência de Assistência Técnica, cuidando do atendimento assistido aos clientes, da implantação da Call Center do Serpro, da computação pessoal e das redes locais, em todo o território nacional. Atuou em cursos e treinamentos técnicos e gerenciais como instrutor interno. Também, participou de treinamentos ligados a área de TI na ESAF e na ENAP na formação de profissionais para órgãos do governo. Foi professor da Fundação Getúlio Vargas, de 2000 a 2002, do MBA - Administração Estratégica de Sistemas de Informação.

Luiz Ary Messina, PhD

Possui graduação em Engenharia Elétrica, opção Eletrônica na Universidade de Brasília (1975), mestrado em Banco de Dados na Engenharia Elétrica da Universidade Estadual de Campinas (1980) e doutorado em CAD no Instituto de Sistemas Gráficos Interativo da Faculdade de Informática, Universidade Tecnológica de Darmstadt (1988). Atualmente , é vice-presidente do Conselho de Administração do Centro de Tecnologia de Computação Gráfica, diretor-sócio do Instituto de Informática e Automação, e Coordenador Nacional da Rede Universitária de Telemedicina - RUTE. Tem atuado nos seguintes temas: telemedicina, telessaúde, computação científica e visualização.

Pedro Ivo Sebba Ramalho, PhD

Doutor em Ciências Sociais: Especialista em Estudos Comparados sobre as Américas pelo Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas da Universidade de Brasília (CEPPAC/UnB). Tem experiência em pesquisa social aplicada para o desenvolvimento de instrumentos de coleta de dados, treinamento e utilização de técnicas de entrevista, processamento e análise de dados e coordenação de equipes. Seus temas de interesse são neo-institucionalismo, políticas públicas, reforma do Estado, relação Executivo-Legislativo, regulação de mercados, desenho institucional e mecanismos e experiências de accountability e transparência das agências reguladoras. Na área de Saúde Pública atua principalmente nos temas relacionados a políticas públicas de vigilância sanitária, assistência farmacêutica e medicamentos, e controle social do Sistema Único de Saúde. É servidor público no cargo de Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária da Agência Nacional de Vigilância Sanitária Anvisa, onde exerce função de Adjunto do Diretor-Presidente.

Paulo Roberto Lima Lopes, MSc

Possui graduação em Engenharia Eletrônica pelo Centro Universitário da FEI (1988) , mestrado em Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo (1995) e curso técnico-profissionalizante de Técnico em Eletrônica pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (1982). Atualmente, é Analista de Sistemas da Universidade Federal de São Paulo e Professor Adjunto da Universidade Paulista. Tem experiência na área de Engenharia Biomédica , com ênfase em Sistemas de Informação em Saúde.

Sérgio Felipe Zirbes, PhD

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1976) , mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1980) e doutorado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995). Atualmente, é Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e responsável pela coordenação do Grupo de Sistemas da Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Tem experiência na área de Ciência da Computação , com ênfase em Metodologia e Técnicas da Computação. Atuando principalmente nos seguintes temas: Engenharia de Software, Reutilização de Modelos, Produtividade, Qualidade, Métricas.

Marco Antonio Gutierrez, PhD

Concluiu a graduação em Engenharia Elétrica pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (1985) e o doutorado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1995). Atualmente, é Professor convidado da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal de São Paulo, membro do Institute Of Physics e Editor Associado da Revista Brasileira de Engenharia Biomédica. Atua na área de Engenharia Biomédica, com ênfase em Processamento de Sinais e Imagens Médicas, Sistemas Distribuídos e Telemedicina.

Luciano Maurício Sampaio Barreto

É formado em Análise de Sistemas pela Faculdade Anglo-Americano (RJ). Especialista em Gerência de Redes de Computadores e Tecnologia de Internet, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Possui diversos cursos na área de Tecnologia da Informação. Coordena a Gerência de Tecnologia da Informação do Conselho Federal de Odontologia (CFO) onde atua, dentre outras funções, como o gestor nacional do Sistema corporativo dos Conselhos Federal e Regionais de Odontologia. É o atual representante do Conselho Federal de Odontologia-CFO na Câmara Técnica de Informática em Saúde do Conselho Federal de Medicina-CFM.

Evandro Eduardo Seron Ruiz, PhD

Bacharel em Ciências de Computação pelo ICMSC (atual ICMC), Universidade de São Paulo - USP (1985), Mestre pela Faculdade de Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (1989), PhD em Electronic Engineering pela University of Kent at Canterbury, Grã-Bretanha (1996) e Professor Livre-Docente pela USP (2006). Desde 1989 é docente em dedicação exclusiva na Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Informática em Saúde, atuando principalmente nos temas caracterização e recuperação da informação em saúde.

Eneida Abrantes Mendonça, MD, PhD

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Pelotas (1987) , mestrado em Ciências da Saúde (Cardiologia) pela Fundação Universitária de Cardiologia (1996), doutorado em Biomedical Informatics pela Columbia University (2002) e residência médica pelo Hospital São Lucas - Pontifícia Universidade Católica (1990) . Atualmente, é Membro de corpo editorial da BMC Bioinformatics. Tem experiência na área de Medicina , com ênfase em Pesquisa Translacional.

Umberto Tachinardi

Um dos fundadores da SBIS, Dr. Umberto Tachinardi, acumula mais de 25 anos área de Informatica em Saúde. Trabalhou por mais de 20 anos no InCor, onde chegou até a posição de CIO, desenvolvendo sistemas de informações hospitalares e prontuário eletrônico. Posteriormente, foi CIO da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, onde ajudou a implementar novos sistemas de apoio a transplantes, distribuição de medicamentos de alto custo, entre outros. Desde 2006 econtra-se na Universidade de Chicago, uma das mais conceituadas instituições acadêmicas americanas, onde começou como Diretor de Informática do Centro de Pesquisa em Câncer, e atualmente acumula outras posições de liderança em Sistemas de Apoio à Pesquisa Clínica Translacional. Dr. Tachinardi tem o título de Reitor-Assistente para Informática em Aplicações Acadêmicas e Pesquisa na Divisão de Ciências Biológicas daquela universidade. Sob sua responsabilidade estão também os sistemas da Escola de Medicina Pritzker. Na área de pesquisa clínica, Dr. Tachinardi lidera o grupo do sistema de gestão de pesquisas clínicas, que cuida de mais de 800 protocolos ativos de pesquisa clínica, totalizando aproxidamente 23.000 pacientes, também esta sob sua responsabilidade esta o sistema eletrônico de gerência dos comitês de bioética humana e animal.