IV CBUC

Simpósios

Tema: Invasão Biológica e Conservação da Biodiversidade > Clique aqui para ler o resumo do simpósio

Objetivos: tratar a invasão por espécies exóticas e seus impactos para a conservação da biodiversidade nas unidades de conservação. Por se tratar da segunda maior causa de perda de biodiversidade no mundo, será discutida a importância de auxiliar os gestores e manejadores das áreas a prevenir, monitorar e combater as invasões.

Palestras confirmadas

1o DIA | 21/09 – Segunda-feira - Impactos das invasões biológicas em um mundo em transformação
• 16h30 - 17h45: Problemática das invasoras (foco no impacto às áreas protegidas): contexto mundial (Ahmed Khan - Working for Water, África do Sul)
• 17h45 - 18h30: Desmistificando os entraves burocráticos e dilemas filosóficos para a tomada de ações de controle e erradicação em UCs (Sílvia Ziller - Instituto Hórus)

2º DIA | Terça-feira - Como os estados estão lidando com a invasão biológica
• 16h30 - 16h55: A experiência do Espírito Santo no planejamento e execução do controle de invasões biológicas em unidades de conservação estaduais (Maria Otávia Crepaldi, Instituto Estadual de Meio Ambiente do Espírito Santo)
• 16h55 - 17h20: Políticas públicas e ações práticas para contenção de invasões biológicas no Estado do Paraná (João Batista Campos, Diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Instituto Ambiental do Paraná)
• 17h20 - 17h45: Construindo a estratégia paulista sobre espécies exóticas invasoras (Cristina Azevedo - Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo)
• 17h45 - 18h10: Como o Estado de Santa Catarina está lidando com a invasão biológica em suas unidades de conservação (Beloni Marterer, Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina - FATMA)
• 18h10 - 19h: SESSÃO ESPECIAL DE ENCAMINHAMENTOS

3o DIA | 23/09 – Quarta-feira | Manejo da invasão biológica em unidades de conservação: da teoria à prática
• 16h30 - 17h10: Prevenção aos processos de invasão biológica em áreas protegidas (Rafael Dudeque Zenni, Fundação O Boticário)
• 17h10 - 17h50: A invasão biológica no contexto do manejo da unidade de conservação (Sérgio Zalba - Universidad del Sur, Argentina)
• 17h50 - 18h30: Métodos e técnicas de erradicação e controle de espécies exóticas invasoras aplicáveis em unidades de conservação: as melhores práticas (Michele de Sá Dechoum - Instituto Hórus)


Tema: Conservação de Ambientes Costeiros e Marinhos > Clique aqui para ler o resumo do simpósio

Objetivos: oferecer um panorama da situação de proteção da biodiversidade nos oceanos, as ameaças globais e as principais estratégias de conservação marinha e costeira. Será destacado o status das unidades de conservação marinhas e sua importância para a gestão pesqueira; as ameaças à biodiversidade marinha como pesca de arrasto, mudanças climáticas e prospecção e extração de petróleo; as estratégias de conservação como redução de capturas acidentais e criação de recifes artificiais para a conservação.

Palestras confirmadas

1o DIA | 21/09 – Segunda-feira | Panorama sobre as unidades de conservação marinhas
• 16h35 - 17h10: Vulnerabilidade, ameaças e medidas de conservação para peixes marinhos ameaçados de extinção (Monica Brick Peres – ICMBio)
• 17h10 - 18h: Monitoramento da efetividade ecológica das UCs marinhas: lições dos recifes de coral (Beatrice Padovani Ferreira, Universidade Federal de Pernambuco)

2o DIA | 22/09 – Terça-feira | Ameaças globais à biodiversidade marinha
• 16h35 - 17h00: Unidades de conservação como instrumento para conservação e gestão pesqueira (Ana Paula Prates - Ministério do Meio Ambiente/Brasil)
• 17h00 - 17h25: Mudanças climáticas e recifes de coral (Clóvis Barreira e Castro, Universidade Federal do Rio de Janeiro)
• 17h25 - 18h: As gigantescas reservas mundiais de petróleo “ultra-profundo” e os desafios ambientais decorrentes de sua transferência para a superfície (Jules Marcelo Rosa Soto, Universidade do Vale do Itajaí)

3o DIA | 23/09 – Quarta-feira | Estratégias de conservação marinha e costeira: estudos de caso
• 16h35 - 17h00: Projeto Coral Vivo (Clóvis Barreira e Castro - Universidade Federal do Rio de Janeiro)
• 17h00 - 17h25: Redução de capturas incidentais de aves marinhas durante a pesca: Projeto Albatroz (Tatiana Neves – Projeto Albatroz)
• 17h25 - 18h: Recifes artificiais como ferramenta de conservação da biodiversidade marinha (Frederico Brandini - Universidade de São Paulo)


Tema: Gestão de Unidades de Conservação > Clique aqui para ler o resumo do simpósio

Objetivos: discutir o monitoramento da implantação de planos de manejo em unidades de conservação, tratando os diferentes sistemas de planejamento e gestão de unidades na América Latina. O foco será dado aos principais desafios do monitoramento dos planos e as experiências bem sucedidas.
Palestras confirmadas

1o DIA | 21/09 – Segunda-feira - Planejamento de Unidades de Conservação: panorama
• 16h30 - 17h05: O monitoramento de planos de manejo: quais são os principais beneficiários? Uma análise ecofilosófica (Adrian Monjeau - Instituto de Análisis de Recursos Naturales - Universidad Atlántida, Argentina)
• 17h05 - 17h40: Panorama Geral - Estado da Arte: o Sistema de Unidades de Conservação Federal Brasileiro (do planejamento à monitoria da implementação dos planos de manejo) (Maria Iolita Bampi e Carlos Henrique Fernandes - ICMBio)
• 17h40 - 18h: DEBATE

2o DIA | 22/09 – Terça-feira - Desafios à gestão e monitoramento
• 16h30 - 17h05: Desafios à gestão e monitoramento: uso da metodologia Nexucs (Marcos Antonio Araújo - NEXUCS, Núcleo de Excelência em Unidades de Conservação)
• 17h05 - 17h40: Os desafios de monitorar a implementação dos planos de manejo no Paraguay (Alberto Yanosky - Guyra Paraguay)
• 17h40 - 18h: DEBATE

3o DIA | 23/09 – Quarta-feira - Apresentação de casos
• 16h30 - 17h05: Monitoramento e manejo participativo das áreas naturais protegidas na Venezuela: mudança de paradigma e adequação (Cesar Aponte - Ministério del Poder Popular para el Ambiente, Venezuela)
• 17h05 - 17h40: Gestão de Unidades de Conservação: a experiência da REBIO do Rio Trombetas e da FLONA Saracá-Taquera (Carlos Augusto de Alencar Pinheiro, chefe da REBIO Trombetas)
• 17h40 - 18h: DEBATE


Tema: Planejamento do Uso Público em Áreas Protegidas > Clique aqui para ler o resumo do simpósio

Objetivos: apresentar o status do planejamento do uso público em nível global e regional, discutir as perspectivas práticas deste planejamento nas áreas protegidas, apresentando alguns estudos de caso e analisar as necessidades de capacitação profissional, principalmente diante de um quadro crítico de mudanças climáticas e aumento da visitação nas áreas naturais.

Palestras confirmadas

1o DIA | 21/09 – Segunda-feira | Status do Planejamento do Uso Público
• 16h30 - 16h55: Perspectiva global do Uso Público (Paul F. J. Eagles - University of Waterloo, Canada)
• 16h55 - 17h20: Status do Uso Público nos EUA: conceitos e ferramentas - inspirado pelo passado e construído para o futuro (Terry Slider - US Forest Service, EUA)
• 17h20 - 17h45: Status do Uso Público no Brasil (Julio Gonchorosky - ICMBio, Brasil)
• 17h45 - 18h: DEBATE

2o DIA | 22/09 – Terça-feira | Planejamento do Uso Público: uma perspectiva prática
• 16h30 - 16h50: Componentes do planejamento do uso público (Lawrence Lechner - Centro para o manejo e treinamento em áreas protegidas/Colorado State University, EUA)
• 16h50 - 17h05: Estudo de caso – LAC: 20 anos monitorando os impactos da visitação em Bob Marshall Wilderness (Hans M. Castren - US Forest Service/EUA)
• 17h05 - 17h20: Programa Ecoturismo: as UCs paulistas para a sociedade (Anna Carolina Lobo de Oliveira - Instituto Fundação Florestal de São Paulo)
• 17h20 - 17h35: Estudo de caso - Parceria público & privado para viabilização de programas de uso público (Angela Tresinari - MPX)
• 17h35 - 18h: DEBATE

3o DIA | 23/09 – Quarta-feira | Planejamento do Uso Público: preparando para o futuro
• 16h30 - 16h55: Capacitação para o manejo do uso público em áreas protegidas: uma revisão global (James Barborak - Center for Protected Area Management and Training/Colorado State University, EUA)
• 16h55 - 17h20: Atuação profissional em uso público: ensino superior e capacitação no Brasil (Teresa Magro - Esalq/USP)
• 17h20 - 17h45: Redução da pegada de carbono gerado pelo turismo em áreas protegidas (Oliver Hillel - Secretariat of the Convention on Biological Diversity, Canadá)
• 17h45 - 18h: DEBATE


Tema: Serviços Ecossistêmicos e Áreas Protegidas > Clique aqui para ler o resumo do simpósio

Objetivos: trazer a discussão dos mercados e dos pagamentos por serviços ambientais para promover a conservação da biodiversidade, destacando a importância da manutenção dos fluxos. Merecerá destaque a atuação das diferentes instâncias governamentais, bem como os tipos de mercados e serviços ecossistêmicos.

Palestras confirmadas

1o DIA | 21/09 – Segunda-feira | Pagamento por proteção de biodiversidade
• 16h30 - 17h05: Certificação LIFE: um novo instrumento para a incorporação da conservação da biodiversidade aos negócios (Clóvis Borges, SPVS / Instituto Life)
• 17h05 - 17h40: Serviços Ambientais na Reserva da Biosfera Sierra Gorda; pagamento e integração de produtos ecossistêmicos (Roberto Pedraza, Diretor do Grupo Ecológico Sierra Gorda, México)
• 17h40 - 18h: DEBATE

2o DIA | 22/09 – Terça-feira | Mecanismos financeiros de conservação da biodiversidade
• 16h30 - 17h05: Opções para visualizar e comercializar o valor econômico da natureza (Ivo Mulder, Triple E - Economy, Ecology and Experience; Suíça)
• 17h05 - 17h40: O ICMS Ecológico como instrumento de conservação da natureza (Wilson Loureiro - IAP/PR)
• 17h40 - 18h: DEBATE

3o DIA | 23/09 – Quarta-feira | Serviços ambientais e os governos federal, estadual e municipal
• 16h30 - 16h55: A política ambiental de serviços ambientais e as unidades de conservação (Shigeo Shiki - Ministério do Meio Ambiente/Brasil)
• 16h55 - 17h20: Política Estadual de Pagamentos por Serviços Ambientais de São Paulo (Helena Carrascosa Von Glehn - SEMA/SP)
• 17h20 - 17h45: Projeto Biocidade: restauração e conservação da biodiversidade urbana e a preservação de áreas naturais (José Antônio Andreguetto, Secretário Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA/Curitiba/PR)
• 17h45 - 18h: DEBATE



Voltar





Copyright 2008 - Todos os direitos reservados a Fundação O Boticário de Proteção à Natureza

itarget