IV CBUC

Eventos Paralelos

A programação paralela ao evento acontecerá no ExpoUnimed após os Simpósios. Confirma a programação* abaixo.

* Toda a programação dos eventos paralelos é de responsabilidade de seus respectivos organizadores, estando sujeita à alteração.

Lançamentos e Publicações (Local: Mini–Arena)

21 setembro (segunda-feira)

10h45 - 11h15
Lançamento da publicação "Roteiro Metodológico para a Elaboração de Planos de Manejo das Unidades de Conservação do Pará".
Instituição: Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Pará (SEMA/PA)


12h15 - 13h30
Lançamento da nova versão do Cadastro Nacional de RPPNs
Organizadores: TNC, WWF-Brasil e Confederação Nacional de RPPN


16h10 - 16h30
Mapa Amazônia Brasileira 2009 - edição especial para o Programa Arpa
Realização: ISA com apoio à edição da WWF-Brasil

18h15 - 19h30
Lançamento da "nova" revista Natureza & Conservação  - Fundação O Boticário em parceria com ABECO
Autores: ABECO e Fundação O Boticário

22 setembro (terça-feira)

10h45 - 11h15
Apresentação dos resultados da Parceria Público Privada para Conservação de UCs
Coordenação: Ângela Tresinari - MPX
Objetivo: Serão apresentados resultados obtidos até o momento das iniciativas ambientais que a MPX está desenvolvendo em parceria com o ICMBio, além de apoio a outras ONGs.


12h15 - 13h30
Lançamento de três publicações sobre o RAPPAM (Avaliação Rápida e Priorização da Gestão de Unidades de Conservação)
Coordenação: WWF- Brasil
1. Efetividade de gestão das unidades de conservação no Estado do Acre
Autores: WWF-Brasil, SEMA/AC; Secretaria de Estado de Floresta/Acre e ICMBio.
2. Efetividade de gestão das unidades de conservação no Estado do Amapá
Autores: WWF-Brasil, SEMA/AP, Instituto Estadual de Florestas e ICMBio.
3. Efetividade de gestão das unidades de conservação no Estado do Mato Grosso
Autores: WWF-Brasil, SEMA/MT e ICMBio.

16h10 - 16h30
Lançamento das publicações:
-Serie "Corredores Ecológicos" Implementação da Porção Marinha do Corredor Central da Mata Atlântica;
Autoria: MMA

18h15 - 19h30
Lançamento do livro "Ecofilosofia" e bate-papo com autores
Moderador: Maísa Guapyassu
Autores convidados: Adrian Monjeau (organizador e autor de alguns capítulos) e Fernando Fernandez (autor)

23 setembro (quarta-feira)

10h45 - 11h15
Lançamento de livros e publicações:
1. Guia ilustrado - Mamíferos do Paraná, Brasil - Nélio R. Reis et al; e
2. Guia ilustrado - Mamíferos da Serra de São Luiz de Purunã, Paraná, Brasil – João Miranda et al.
Editora: USEB

12h15 - 13h30
Lançamento publicação Redução das emissões de carbono por desmatamento no Brasil: o papel do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa)
Autores: Ipam, UFMG, Woods Hole Research Center e WWF-Brasil


16h10 - 16h30
Lançamento do livro "Proteção à Natureza e Identidade Nacional no Brasil, anos 1920 - 1940"
Autores: José Luiz de Andrade Franco e José Augusto Drummond
Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2009

18h15 - 19h30
Lançamento das publicações: 
1. Caderno Educação Ambiental: Unidades de Conservação da Natureza;
2. Manual de Manutenção e Implementação de Trilhas;
3. Recuperação Florestal: Um Olhar Social;
4. Regularização Fundiária em Unidades de Conservação.
Instituição: Fundação Florestal.
Responsável: Anna Carolina Lobo de Oliveira


Reuniões Técnicas e Oficinas

21 setembro (segunda-feira)

Local: Sala 1
Sustentabilidade financeira do Sistema de Unidades de Conservação e lançamento dos livros: "Atualização dos Pilares para a Sustentabilidade Financeira do SNUC"/MMA e "Quanto custa uma unidade de conservação?"/FUNBIO
Instituição: MMA
Responsável: Fábio França (MMA)
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 2
III Seminário sobre Mosaico de áreas protegidas (WWF-Brasil/GTZ)
Instituição: WWF-Brasil / GTZ
Responsáveis: Marcos Pinheiro (WWF-Brasil), Maria Olatz Cases (GTZ) & Márcia Lederman (GTZ)
Objetivo: consolidar as diretrizes para implementação da gestão de mosaicos de áreas protegidas no nível nacional e difundir metodologias e boas práticas desta modalidade de gestão, com o intuito de aumentar o sucesso da conservação da natureza e do desenvolvimento sustentável em escalas correspondentes a “mega blocos” de conservação.
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 3 (a partir das 18h30)
“Força Tarefa pela Mantiqueira”
Instituição: Instituto Oikos de Agroecologia
Responsável: Alexandre Lorenzetto
Objetivo: discutir a proposta para a criação de uma área protegida de proteção integral na Serra da Mantiqueira, ligando o Parque Nacional do Itatiaia com o Parque Estadual Campos do Jordão. Discutir a definição dos limites e determinar estratégias futuras da Força-Tarefa
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 4
Apresentação dos resultados do RAPPAM no Acre, Amapá e Mato Grosso e discussão de resultados
Instituição: WWF-Brasil
Responsável: Marisete Catapan (WWF-Brasil)
Objetivo: apresentar os resultados da Avaliação Rápida e Priorização da Gestão de Unidades de Conservação (RAPPAM) nos estados do Amapá, Acre e Mato Grosso e discutir as implicações do processo e resultados da avaliação para o planejamento e manejo das unidades
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 5
Reunião de Conselho da Rede Nacional Pró-UC
Instituição: Rede Pro - UC
Responsável: Angela Kuczach - Rede Pró-UC
Acesso: restrito

Local: Sala 6
Cidades Costeiras Sustentáveis: Unidades de Conservação Costeiras e Marinhas como instrumentos de gestão
Instituição: Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro
Responsável: Marinez Sherer (Agência Costeira) e Ana Paula Prates (MMA)
Objetivo: Discutir a inserção das unidades de conservação na gestão costeira do Brasil
Acesso: aberto ao público do congresso

22 setembro (terça-feira)

Local: Sala 1
Projetos Estratégicos Ambientais de São Paulo
Instituição: Fundação Florestal/SMA-SP
Responsável: Boris Alexandre Cesár (Diretor de Operações da Fundação Florestal)
Objetivo: apresentar algumas políticas públicas direta e indiretamente relacionadas à gestão de unidades de conservação da natureza e conservação ambiental
Programa: Mesa Redonda, com 10-15 minutos por apresentação, sendo:
1.Gestão Integrada de UCs – Os Mosaicos Paulistas cultivo;
2. Gestão de Conflitos Sócio-Ambientais;
3. APAs paulistas: a corrida para os mares;
4. Planejamento e Gestão Espeleológica.
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 2
III Seminário sobre Mosaico de áreas protegidas (WWF-Brasil/GTZ)
Instituição: WWF-Brasil / GTZ
Responsáveis: Marcos Pinheiro (WWF-Brasil), Maria Olatz Cases (GTZ) & Márcia Lederman (GTZ)
Objetivo: consolidar as diretrizes para implementação da gestão de mosaicos de áreas protegidas no nível nacional e difundir metodologias e boas práticas desta modalidade de gestão, com o intuito de aumentar o sucesso da conservação da natureza e do desenvolvimento sustentável em escalas correspondentes a “mega blocos” de conservação.
Acesso: restrito

Local: Sala 4
Os caminhos da co-gestão de unidades de conservação no Amazonas
Instituição: IDESAM - Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas
Responsável: Carlos Gabriel Koury
Objetivo: (Mesa Redonda) Debate sobre a ainda indefinida regulamentação da parceria sociedade civil e Estado na gestão compartilhada de UCs
Acesso: aberto ao público em geral

Local: Sala 5
Sustentabilidade financeira do Sistema de Unidades de Conservação
Instituição: MMA
Responsável: Fábio França (MMA)
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 6
Cidades Costeiras Sustentáveis: Unidades de Conservação Costeiras e Marinhas como instrumentos de gestão
Instituição: Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro
Responsável: Marinez Sherer (Agência Costeira) e Ana Paula Prates (MMA)
Objetivo: Discutir a inserção das unidades de conservação na gestão costeira do Brasil
Acesso: aberto ao público do congresso

23 setembro (quarta-feira)

Local: Sala 1
Projetos Estratégicos Ambientais de São Paulo
Instituição: Fundação Florestal/SMA-SP
Responsável: Boris Alexandre Cesár (Diretor de Operações da Fundação Florestal)
Objetivo: apresentar algumas políticas públicas direta e indiretamente relacionadas à gestão de unidades de conservação da natureza e conservação ambiental
Programa: Mesa Redonda, com 10-15 minutos por apresentação, a saber:
1. Programa Criança Ecológica, política pública de educação ambiental para as UCs paulistas;
2. Programa Município Verde;
3. Programa Etanol Verde;
4. Programa São Paulo Amigo da Amazônia.
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 2
III Seminário sobre Mosaico de áreas protegidas (WWF-Brasil/GTZ)
Instituição: WWF-Brasil / GTZ
Responsáveis: Marcos Pinheiro (WWF-Brasil), Maria Olatz Cases (GTZ) & Márcia Lederman (GTZ)
Objetivo: consolidar as diretrizes para implementação da gestão de mosaicos de áreas protegidas no nível nacional e difundir metodologias e boas práticas desta modalidade de gestão, com o intuito de aumentar o sucesso da conservação da natureza e do desenvolvimento sustentável em escalas correspondentes a “mega blocos” de conservação.
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 4
Reunião técnica sobre concessão de atividades recreativas
Instituição: Universidade do Colorado
Responsável: Jim Barborak
Objetivo: discutir as experiências de concessão dos serviços recreativos em unidades de conservação.
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 5
Sustentabilidade financeira do Sistema de Unidades de Conservação
Instituição: MMA
Responsável: Fábio França (MMA)
Acesso: aberto ao público do congresso

Local: Sala 6
Cidades Costeiras Sustentáveis: Unidades de Conservação Costeiras e Marinhas como instrumento de Gestão
Instituição: Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro
Responsável: Marinez Sherer (Agência Costeira) e Ana Paula Prates (MMA)
Objetivo: Discutir a inserção das unidades de conservação na gestão costeira do Brasil
Acesso: Aberto ao público do congresso

Local: Sala 207 (ao lado da biblioteca)
Uma estratégia de coordenação para os investimentos em conservação da região Andino-amazônica
Instituição: Fundo Brasileiro para a Biodiversidade - Funbio
Responsável: Elaine Teixeira
Objetivos:
1. Reunir representantes de organizações de conservação que possuam metodologias de priorização de alvos de conservação;
2. apresentar uma metodologia para orientar investimentos em conservação; 
3. expor a versão beta de um Sistema georeferenciado para a coordenação entre financiadores de projetos e executores; 
4. promover uma discussão e aporte de contribuições para o Sistema.
Programa: Apresentação.  Discussão em plenária.
Acesso: aberto ao público do congresso



Voltar





Copyright 2008 - Todos os direitos reservados a Fundação O Boticário de Proteção à Natureza

itarget